Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

25/02/2021

Qual a frequência ideal para esfoliar a pele?

Já parou para pensar no quão exposta a sua pele está? Além da poluição, a derme sofre com efeitos do calor, frio, poluição e por aí vai. No fim do dia, as sujeiras se acumulam na superfície e nos poros, deixando-a sem vida, fosca, seca, cansada e com um toque desagradável, o que impede a penetração eficaz dos cosméticos do dia a dia. 

 

Mas tá achando que o maior órgão se dá por vencido tão fácil? De jeito nenhum: a pele tem a capacidade de se renovar, o que tem tudo a ver com esfoliação - um processo que consiste em remover impurezas e células mortas, uniformizando-a para facilitar a aplicação e absorção de produtos, como hidratantes e óleos vegetais. Para quem tem manchas, queratose actínica e rugas finas, essa prática é uma grande aliada. 

Por que esfoliar?
O principal benefício da esfoliação é uma limpeza profunda que promove uma desintoxicação, deixando a pele mais lisa, suave e naturalmente luminosa. No corpo, auxilia na melhora da textura, deixando-a mais suave, uniforme e tonalizada. 

A prática ainda melhora a circulação sanguínea, suaviza rugas e linhas de expressão, reduz a oleosidade, suaviza áreas ásperas, combate o aparecimento de acnes e estimula a renovação celular.


Para cada pele, uma frequência.

• Peles normais a secas:
Recomenda-se esfoliar somente uma vez por semana, pois a pele seca renova as células de forma mais lenta e acumula uma grande quantidade de escamas na superfície. As esfoliações conseguem diminuir a espessura da camada córnea, reativando a renovação celular. 

 

• Peles mistas ou oleosas:
Deve ocorrer, no máximo, duas vezes por semana. Nestes tipos de derme, a esfoliação tem o objetivo de remover tecidos mortos e o excesso de oleosidade, o que auxilia na desobstrução dos poros. O resultado é uma pele mais saudável e limpa.

 

Como esfoliar corretamente?
Como você viu acima, a esfoliação facial deve acontecer de uma a duas vezes por semana dependendo do tipo da sua pele. A forma mais comum de esfoliar é limpar o rosto com o seu sabonete facial e passar o seu esfoliante na pele ainda úmida, com movimentos circulares e suaves. Faça uma leve pressão e, em seguida, enxágue com bastante água. 

 

Para esfoliar joelhos, pés e cotovelos, a frequência também varia de uma a duas vezes na semana. Assim como o tratamento facial, a pele do corpo também deve estar úmida e limpa para que o esfoliante aja com total eficácia. 

Tá querendo dar um up na sua rotina de skincare, natureba? Experimenta adicionar o nosso Esfoliante de Cera de Carnaúba: vegano, ele oferece uma esfoliação suave e gentil para você e pra natureza! 

Referências:

CAREGNATTO, Bianca Daniele; GARCIA, Giselle Albino; DUVERNAY, Ana Julia von Borell. Estudo comparativo entre esfoliante químico e enzimático no processo de esfoliação facial. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2018.
 

FEROLLA, Ana Carolina Junqueira. Estudo da pele fotoenvelhecida antes e após esfoliação química com o ácido pirúvico a 80%: análise clínica, histopatológica e imunohistoquímica da proliferação celular. 2003. 112 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Medicina, Universidade de São Paulo-usp, São Paulo, 2003.
 

DERMACLUB. LIMPEZA E RENOVAÇÃO: DESCUBRA O PODER DA ESFOLIAÇÃO PARA A BELEZA DA PELE. 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.
 

ECYCLE. Esfoliação traz muitos benefícios para a pele, mas precisa ser feita com produtos naturais. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.